FEBRACE
  • lsi
  • poli usp
  • usp

Press releases

2009

  • 05/08/2021
    Instituto 3M recebe inscrições para a 9ª Mostra de Ciências e Tecnologia
    • Estudantes das regiões metropolitanas de Campinas e Ribeirão Preto têm até o dia 11 de outubro para inscrever seus projetos

      O Instituto 3M está com inscrições abertas para a 9ª Mostra de Ciências e Tecnologia. O evento será realizado de forma virtual e tem como objetivo incentivar o interesse dos jovens pela ciência e criatividade. A iniciativa é parte do Desafio de Inovação Instituto 3M, que promove a formação de professores para a prática das ciências e a orientação de projetos investigativos realizados por estudantes da educação básica.

      A iniciativa conta com parceria do Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico (LSI-TEC), organizador da Feira Brasileira de Ciência e Engenharia (FEBRACE), e apoio da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP). Desde a primeira edição, participaram da Mostra de Ciências e Tecnologia mais de 1.600 estudantes e 700 professores.

      “Estamos muito orgulhosos de chegar à nona edição desse evento tão importante para o desenvolvimento do olhar científico de estudantes e professores, especialmente em um contexto que tornou esse tema ainda mais importante para o nosso dia a dia”, afirma Liliane de Moura, supervisora de Projetos Sociais do Instituto 3M.

      As inscrições vão até o dia 11 de outubro e, para concorrer, os alunos precisam desenvolver um projeto de pesquisa com um relatório final e uma apresentação em vídeo. Todas as orientações sobre o projeto podem ser acessadas no portal https://mostra3m.febrace.org.br/v2021/.

      Podem participar estudantes matriculados no 8º ou 9º ano do Ensino Fundamental, no Ensino Médio ou Ensino Técnico, de escolas públicas e particulares das regiões metropolitanas de Campinas e Ribeirão Preto, que tenham até 20 anos completos na data do evento. Os projetos podem ser individuais ou em grupos de dois a três alunos e devem ter um professor orientador com mais de 21 anos de idade (e, opcionalmente, um coorientador maior de 18 anos).

      A Mostra Virtual ocorrerá nos dias 8 a 12 de novembro, com 100 projetos selecionados nas sete categorias do conhecimento: Ciências Agrárias, Ciências Biológicas, Ciências Exatas e da Terra, Ciências Humanas, Ciências da Saúde, Ciências Sociais e Engenharia. Os três melhores projetos, de cada categoria receberão uma premiação em dinheiro, além disso serão premiados 3 projetos com credencias para a Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (FEBRACE) 2022.

      Edital Escola Pioneira

      Estão abertas também as inscrições para o Edital Escola Pioneira, iniciativa do Instituto 3M que visa a incentivar o desenvolvimento e a disseminação de práticas educativas de sucesso por meio de projetos de ciências investigativos. Podem participar escolas que tenham professores cursistas do programa de formação Desafio de Inovação I3M 2021.. As inscrições vão até 11 de outubro, por meio deste formulário: https://bit.ly/form3MEP21.

      A escola vencedora receberá como prêmio o equivalente a R$ 20.000,00 na forma de bens duráveis, bens de consumo ou prestação de serviços, para o desenvolvimento e continuidade de projetos de ciências investigativos na unidade escolar. O edital completo pode ser acessado aqui.

      Sobre o Instituto 3M

      O Instituto 3M de Inovação Social é uma organização idealizada pela 3M do Brasil e visa contribuir para a transformação social do Brasil promovendo o empreendedorismo de nossas futuras gerações, fundamentado em valores éticos, de cidadania e de sustentabilidade. A missão do Instituto 3M, que completou 15 anos em 2021, é atuar na descoberta de tecnologias sociais e no desenvolvimento de programas próprios e em parcerias com foco na formação de nossas futuras gerações para empreendedorismo. Para mais informações, acesse: https://www.3m.com.br/3M/pt_BR/3m-do-brasil/instituto-3M/.

      Sobre a 3M

      Na 3M, aplicamos a ciência de forma colaborativa para melhorar vidas diariamente. Com cerca de 90 mil funcionários conectados com clientes em todo o mundo, a 3M atingiu US$ 32 bilhões em vendas globais em 2020. No Brasil, o Grupo 3M conta com quatro fábricas instaladas no Estado de São Paulo, que compõem a 3M do Brasil, além da empresa 3M Manaus, instalada no Amazonas. Em 2020, alcançou faturamento bruto de R$ 4,5 bilhões no País, onde conta com cerca de 3.300 funcionários. Conheça nossas soluções criativas no site www.3M.com.br, no Blog de Curiosidade da 3M ou em nosso perfil no Instagram @3MBrasil.

      Informações para a imprensa

      LLYC Brasil E-mail: 3m-imprensa@llorenteycuenca.com

      Elaine Cruz (11) 97522-7424 – ecruz@llorenteycuenca.com

      Juliana Santos (11) 97332-2704 – jsantos@llorenteycuenca.com

      Taynara Duarte (11) 97514-183 – tduarte@llorenteycuenca.com

  • 07/06/2021
    PROGRAMA IRÁ CAPACITAR PROFESSORES EM PRÁTICAS EDUCATIVAS INOVADORAS
    • Voltado para professores da rede pública da Grande São Paulo, programa é gratuito, online e será focado em práticas educativas em STEAM, aprendizagem por projetos e metodologia para projetos científicos.

      Até 12 de julho estarão abertas as inscrições do Programa STEAM SP – uma iniciativa da Fundação Internacional Siemens Stiftung em parceria com o Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico (LSI-TEC) e apoio da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP). O objetivo do programa é formar professores para a prática da educação em STEAM (Ciência, Tecnologia, Engenharia, Artes e Matemática) e aprendizagem por projetos, além de metodologia científica para orientar estudantes em projetos investigativos. As inscrições devem ser feitas neste link: https://steamsaopaulo.febrace.org.br/, onde constam também informações detalhadas sobre o programa.

      São oferecidas 100 vagas gratuitas e podem se inscrever professores do ensino médio e técnico de escolas públicas dos municípios da Grande São Paulo. No ato da inscrição, é preciso responder um questionário e anexar carta de recomendação assinada pela direção da escola. O curso ocorrerá entre os meses de agosto e novembro de 2021. Em dezembro, será realizada uma mostra virtual de projetos investigativos desenvolvidos sob a orientação dos professores participantes do programa.

      Iniciativa ampla – Com carga horária de 120 horas, o programa será ministrado em quatro módulos, consecutivos e interdependentes, incluindo atividades na Plataforma ÁPICE – Aprendizagem Interativa em Ciências e Engenharia. Os participantes executarão atividades avaliativas e participarão de encontros de formação e de mentoria. Todas as atividades serão no formato online. “A transformação digital da sociedade e a pandemia da Covid-19 tornaram prementes o uso de ferramentas mais eficazes de ensino e aprendizagem”, afirma a coordenadora científica e pedagógica do programa, Roseli Lopes de Deus, professora da Poli-USP. “Trata-se de uma oportunidade ímpar para os professores terem acesso a um conteúdo didático inovador, e de serem acompanhados por especialistas nos temas abordados”, acrescenta.

      O Programa STEAM SP é um dos 14 projetos sul-americanos apoiados pela Fundação Internacional Siemens Stiftung, por meio da iniciativa “STEM – Education for Innovation”. Lançada no início deste ano, a iniciativa teve também suporte do Fundo de Alívio Covid-19 da Siemens Caring Hands. Seu objetivo era apoiar propostas de ensino-aprendizagem ou soluções em educação digital que ajudassem professores e alunos diante das dificuldades do ensino a distância. De acordo com a UNESCO, só na América Latina, cerca de 160 milhões de alunos foram afetados pelo fechamento de escolas causado pela pandemia.


      Sobre o LSI-TEC: O LSI-TEC é uma Instituição de Ciência e Tecnologia (ICT), sem fins lucrativos, com a missão de desenvolver tecnologia avançada para oferecer soluções inovadoras, priorizando o interesse público e o desenvolvimento do País, a partir de parcerias com instituições do setor público e privado. Uma das áreas de atuação do LSI-TEC é a de ‘Tecnologia aplicada à Educação' que busca desenvolver projetos que contribuam para melhorar as oportunidades de formação de adolescentes e a formação continuada de professores, na área de STEAM (Ciência, Tecnologia, Engenharia, Artes e Matemática). Dirigido por professores da Universidade de São Paulo, o LSI-TEC conta com uma equipe altamente qualificada e multidisciplinar. Suas atividades são baseadas em três princípios: excelência, inovação e empreendedorismo.


      Sobre a Fundação Internacional Siemens Stiftung: A Fundação Internacional Siemens Stiftung é uma entidade sem fins-lucrativos que atua globalmente, promovendo o desenvolvimento sustentável por meio da educação. Na América Latina, trabalha em estreita colaboração com ministérios da educação, universidades e projetos de educação em STEM. No Brasil, a Siemens Stiftung atua em coordenação com a Fundação Siemens Brasil, que há mais de 30 anos tem o compromisso de contribuir para a melhoria do cenário educacional brasileiro, por meio de iniciativas que promovam o acesso ao conhecimento, estimulem o interesse pela ciência e ampliem o uso de tecnologias inovadoras com impacto social positivo na vida de milhares de alunos e professores.


      Atendimento à imprensa

      LSI-TEC – Gerência de Comunicação - Elena Saggio - elena.saggio@lsitec.org.br (11) 98111 4487

      Assessoria de Imprensa (Acadêmica Agência de Comunicação) - Angela Trabbold - angela@academica.jor.br (11) 99912-8331

  • 21/05/2021
    Estudantes do Brasil são premiados na Regeneron ISEF
    • Trata-se da maior feira internacional de ciências e engenharia, de nível pré-universitário, que contou com a participação de cerca de 1.800 jovens de 65 nacionalidades.

      Cinco projetos científicos do Brasil se destacaram na maior feira internacional de ciências e engenharia: a Regeneron ISEF 2021, que terminou hoje (21/5), nos Estados Unidos. Desenvolvidos por seis estudantes do ensino médio e técnico da Bahia, Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo, os projetos receberam alguns dos prêmios mais cobiçados pelos 1.800 jovens, de 65 nacionalidades, que participaram da feira.

      Do Brasil, o destaque foi o projeto de uma estudante de Jundiaí (SP), que ficou em terceiro lugar na categoria “Engenharia Ambiental”. Outros três projetos ficaram em quarto lugar nas categorias “Ciências Sociais e Comportamentais”, “Microbiologia” e “Botânica”. Eles foram desenvolvidos por estudantes das cidades de Osório (RS), Salvador (BA) e Toledo (PR). Além desses, o projeto de um estudante de São Paulo (SP) ganhou menção honrosa, concedida por um dos apoiadores do evento. Veja abaixo mais informações sobre os projetos e seus autores.

      “Apesar de todas as dificuldades deste último ano, em meio à pandemia e escolas fechadas, nossos professores orientadores e estudantes estão de parabéns, superaram as expectativas”, comemora Roseli Lopes, professora da Poli-USP e coordenadora geral da FEBRACE. “A delegação de estudantes brasileiros na Regeneron ISEF 2021 teve uma participação brilhante, conquistando prêmios relevantes para o Brasil. É uma amostra do talento dos nossos jovens em diversas áreas de Ciências e Engenharia. São brasileiros que nos orgulham por sua resiliência e dedicação e que estão trilhando caminhos de sucesso para o enfrentamento de desafios do presente e do futuro”, destaca.

      No total, foram apresentados e avaliados 1.480 projetos em 21 categorias. Os quatro primeiros colocados, em cada categoria, receberam de US$ 3.000 a US$ 500 como prêmios. Os estudantes foram julgados considerando os seguintes critérios: rigor científico, competência e clareza demonstrada no desenvolvimento dos projetos, além da capacidade criativa e pensamento científico dos estudantes. Por causa da pandemia da Covid-19, neste ano a mostra e a avaliação dos projetos na Regeneron ISEF foram realizados a distância. Por isso, para participar da feira, cada estudante brasileiro ganhou notebook, fone de ouvido, pacote de dados e uma camiseta, oferecidos pela Embaixada e Consulados dos Estados Unidos no Brasil que patrocinaram a delegação brasileira finalista pela FEBRACE, composta por 14 estudantes que apresentaram nove projetos.

      Todos os projetos brasileiros que venceram na Regeneron ISEF 2021 foram selecionados pela Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (FEBRACE) – a principal mostra nacional de projetos científicos, da qual participam estudantes do ensino fundamental, médio e técnico de todas as unidades da federação. A FEBRACE é filiada à Society for Science, entidade que promove a Regeneron ISEF, e tem direito a indicar anualmente nove projetos para competir na feira internacional. Os organizadores e patrocinadores da FEBRACE também acompanham os estudantes na competição. Esta é 19ª vez que os estudantes selecionados pela FEBRACE participam da Regeneron ISEF, acumulando um total 67 prêmios, sendo que em duas ocasiões conquistaram o primeiro lugar.


      OS VENCEDORES BRASILEIROS


      Terceiro Lugar em Environmental Engineering (ENEV) - Prêmio de US$ 1.000

      Rafaela Curcio (18)

      Projeto: Análise de água automatizada: desenvolvimento de um drone à base de microcontroladores

      Orientadores: José Roberto Cunha Jr. e Ricardo Murilo de Paula

      Escola: ETEC Benedito Storani, Jundiaí - SP - Cidade: Jundiaí, SP


      Quarto Lugar em Behavioral and Social Sciences (BEHA) - Prêmio de US$ 500

      Victórya Leal Altmayer Silva (17)

      Projeto: FIDERE: desenvolvimento de um App voltado à economia circular de brechós e associações do litoral norte gaúcho

      Orientadores: Flávia Santos Twardowski Pinto e Cláudius Jardel Soares

      Escola: IFRS - Campus Osório, Osório - RS - Cidade: Osório, RS


      Quarto Lugar em Microbiology (MCRO) - Prêmio de US$ 500

      Ana Carolina Gonçalves Selva (17)

      Projeto: Potencial fungitóxico de diferentes extratos vegetais sobre o desenvolvimento in vitro do fitopatógeno causador da antracnose em frutos de bananeira - Fase IV

      Orientadora: Dionéia Schauren

      Escola: Colégio Estadual Jardim Porto Alegre - Unidade II, Toledo - Cidade: Toledo, PR


      Quarto Lugar em Plant Sciences (PLNT) - Prêmio de US$ 500

      Nicole Melo de Almeida (18) e Yasmin Barreto Teles Fonseca (19)

      Projeto: Tecnologia alternativa para aumento germinativo e potencialização de compostos bioativos em culturas de coentro a partir da biomassa de Dunaliella salina incorporada ao biofilme polimérico

      Orientadores: Fernando Leal Barreiros Moutinho e Jamile da Cruz Caldas

      Escola: SESI Piatã - Escola Djalma Pessoa, Salvador - BA - Cidade: Salvador, BA


      Menção Honrosa da International Council on Systems Engineering – INCOSE

      Henrique Rodrigues Hissa Amorim (16)

      Projeto: Tecnologias imersivas no ensino de astrobiologia

      Orientadores: Tiago Bode e Sandra Maria Rudella Tonidandel

      Escola: Colégio Dante Alighieri, São Paulo - SP - Cidade: São Paulo, SP


      Sobre a Regeneron ISEF: A Regeneron International Science and Engineering Fair (Regeneron ISEF 2021) é promovida anualmente pela Society for Science, uma organização sem fins-lucrativos sediada nos EUA, dedicada a promover e expandir a alfabetização científica, educação em STEM e pesquisa científica. Além da Regeneron ISEF, a sociedade promove outros tipos de competição e mantém a newsletter Science News, que oferece notícias científicas para mais de 12 milhões de jovens em todo o mundo, entre outras ações.

      Sobre a FEBRACE: Promovida anualmente pela Escola Politécnica da USP e realizada pelo Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico- LSI-TEC, a FEBRACE é a maior feira brasileira pré-universitária de Ciências e Engenharia em abrangência e visibilidade. Seu objetivo é estimular a cultura científica, a inovação e o empreendedorismo na educação básica e técnica, despertando novas vocações nessas áreas e induzindo práticas pedagógicas inovadoras nas escolas.

      Atendimento à imprensa:

      FEBRACE – Gerência de Comunicação Elena Saggio - elena.saggio@lsitec.org.br (11) 98111-4487

      Acadêmica Agência de Comunicação – Assessoria de Imprensa Angela Trabbold - angela@academica.jor.br (11) 5549-1863 / 5081-5237 / 99912-8331

  • 05/05/2021
    Jovens cientistas, selecionados pela FEBRACE, representam o Brasil em feira internacional
    • Trata-se da Regeneron ISEF 2021, que está sendo realizada nos EUA e irá conceder cerca de US$ 5 milhões em prêmios para os autores dos melhores projetos.

      Nove projetos científicos de estudantes brasileiros, selecionados pela Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (FEBRACE), participam como finalistas da Virtual Regeneron International Science and Engineering Fair (Regeneron ISEF 2021), a maior feira internacional de Ciências e Engenharia, que está sendo realizada nos Estados Unidos (EUA). Promovido pela Society for Science, o evento reúne cerca de 1.800 jovens de 65 países, regiões ou territórios que competem com 1.480 projetos em 21 categorias. Quase US$ 5 milhões serão concedidos em prêmios. O evento está sendo realizado a distância, pela internet. A mostra dos projetos vai de 16 a 21 de maio, e a cerimônia de premiação será nos dias 26 de 27 de maio.

      Os projetos indicados pela FEBRACE foram desenvolvidos por 14 estudantes de escolas do ensino médio e técnico dos estados da Bahia, Ceará, Paraná, Rio Grande do Sul, São Paulo e Mato Grosso do Sul, além do Distrito Federal. A partir do dia 16, os projetos estarão em exposição na Virtual Regeneron ISEF. Para conhecê-los, basta acessar este site https://projectboard.world/isef/, criar um login e fazer busca pelo ID do projeto. (Veja abaixo a lista dos projetos com os respectivos IDs).

      Para participar da feira internacional, cada estudante ganhou um notebook, fone de ouvido, pacote de dados e uma camiseta, oferecidos pela Embaixada e Consulados dos Estados Unidos no Brasil que patrocinam a delegação brasileira.

      A FEBRACE participa da Regeneron ISEF há 19 anos. Desde então, os estudantes selecionados pela mostra nacional conquistaram 62 prêmios nessa feira internacional, sendo que em duas ocasiões se destacaram com o primeiro lugar.

      Julgamento e premiação – Os projetos finalistas já começaram a ser julgados por videoconferências, considerando a capacidade criativa e pensamento científico dos estudantes, além do rigor, competência e clareza demonstrada em seus projetos. O júri é composto por cerca de 1 mil especialistas, de diversas áreas, todos com doutorado ou formação equivalente e experiência relevante na área, além de ganhadores de prêmios importantes, inclusive de Prêmio Nobel.

      Os quatro primeiros colocados, em cada categoria, receberão de US$ 3.000 a US$ 500 como prêmios. Entre eles sairá o grande vencedor da feira que ganhará US$ 75 mil. os segundos melhores colocados receberão US$ 50 mil cada um. Além dos valores dessas categorias, aproximadamente US$ 4 milhões serão concedidos como prêmios de reconhecimento por patrocinadores da feira, na forma de bolsas de estudo, estágios de verão, viagens científicas e equipamentos de laboratório.


      PROJETOS FINALISTAS INDICADOS PELA FEBRACE

      Bahia (Salvador) - SESI Piatã - Escola Djalma Pessoa

      ISEF ID PLNT023T

      Projeto: Tecnologia alternativa para aumento germinativo e potencialização de compostos bioativos em culturas de coentro a partir da biomassa de Dunaliella salina incorporada ao biofilme polimérico.

      Yasmin Barreto Teles Fonseca [Estudante], Nicole Melo de Almeida [Estudante], Fernando Leal Barreiros Moutinho [Orientador(a)] e Jamile da Cruz Caldas [Coorientadora]

      Ceará (Iracema) - E.E.F.M. Deputado Joaquim de Figueiredo Correia

      ISEF ID ENEV055T

      Projeto: Construção de um biodigestor para a decomposição de polímeros, utilizando o Zophobas morio.

      Paulo Henrique Medeiros Viana [Estudante], Antonio Danilo Gonçalves do Vale [Estudante], Alaíde Hellen Bezerra Silva [Estudante], Karla Andrômeda Nobre de Oliveira [Orientadora] e Sebastiana Vicente Bezerra [Coorientadora]

      Distrito Federal (Brasília) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília

      ISEF ID ENBM055

      Projeto: Estratégia para visualização de grandes massas de dados para medicina individualizada com foco na doença de Parkinson.

      Wanghley Soares Martins [Estudante] e Fábio Henrique Monteiro Oliveira [Orientador]

      Mato Grosso do Sul (Aparecida do Taboado) - Centro Integrado SESI/SENAI

      ISEF ID MATS027T

      Projeto: Avaliação do potencial repelente do extrato dos frutos de noni (Morinda citrifolia) aplicado em embalagens alimentícias para contenção de carunchos (Sitophilus spp. e Tribolium castaneum).

      Igor Guissane Bruno [Estudante], João Victor Ramos Sidrônio dos Santos [Estudante] Diego Soares Ribeiro [Estudante], Vinicius Agostini Machado [Orientador]

      Paraná (Toledo) - Colégio Estadual Jardim Porto Alegre

      ISEF ID MCRO034

      Projeto: Potencial fungitóxico de diferentes extratos vegetais sobre o desenvolvimento in vitro do fitopatógeno causador da antracnose em frutos de bananeira - Fase IV

      Ana Carolina Gonçalves Selva [Estudante] e Dionéia Schauren [Orientadora]

      Rio Grande do Sul (Osório) - IFRS - Campus Osório

      ISEF ID BEHA034

      Projeto: FIDERE: desenvolvimento de um App voltado à economia circular de brechós e associações do litoral norte gaúcho.

      Victórya Leal Altmayer Silva [Estudante], Flávia Santos Twardowski Pinto [Orientadora] e Cláudius Jardel Soares [Coorientador]

      São Paulo (Jundiaí) - Etec Benedito Storani

      ISEF ID ENEV056

      Projeto: Análise de água automatizada: desenvolvimento de um drone à base de microcontroladores.

      Rafaela Curcio [Estudante], José Roberto Cunha Jr. [Orientador] e Ricardo Murilo de Paula [Coorientador]

      São Paulo (São Paulo) - Colégio Dante Alighieri

      ISEF ID SOFT033

      Projeto: Tecnologias imersivas no ensino de astrobiologia.

      Henrique Rodrigues Hissa Amorim [Estudante], Tiago Bodê [Orientador] e Sandra Maria Rudella Tonidandel [Coorientadora]

      São Paulo (São Paulo) - Colégio Santa Cruz

      ISEF ID ENMC065

      Projeto: Desenvolvimento de uma plataforma robótica submarina open source de baixo custo para o monitoramento de corais.

      Guilherme Beyruti Surányi [Estudante] e Nathan Rabinovitch [Orientador]


      Sobre a Regeneron ISEF:

      A Regeneron International Science and Engineering Fair (Regeneron ISEF 2021) é promovida anualmente pela Society for Science, uma organização sem fins-lucrativos sediada nos EUA, dedicada a promover e expandir a alfabetização científica, educação em STEM e pesquisa científica. Além da Regeneron ISEF, a sociedade promove outros tipos de competição e mantém a newsletter Science News, que oferece notícias científicas para mais de 12 milhões de jovens em todo o mundo, entre outras ações.

      Sobre a FEBRACE:

      Promovida anualmente pela Escola Politécnica da USP e realizada pelo Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico- LSI-TEC, a FEBRACE é a maior feira brasileira pré-universitária de Ciências e Engenharia em abrangência e visibilidade. Seu objetivo é estimular a cultura científica, a inovação e o empreendedorismo na educação básica e técnica, despertando novas vocações nessas áreas e induzindo práticas pedagógicas inovadoras nas escolas.


      Atendimento à imprensa:

      FEBRACE – Gerência de Comunicação - Elena Saggio - elena.saggio@lsitec.org.br (11) 98111-4487

      Acadêmica Agência de Comunicação – Assessoria de Imprensa Angela Trabbold - angela@academica.jor.br (11) 5549-1863 / 5081-5237 / 99912-8331

  • 20/04/2021
    A série FEBRACE Meets está de volta com muitas novidades!
    • Participantes dos encontros receberão certificados digitais.

      Lançada em 2020 como forma de incentivar estudantes e professores de todo o Brasil em tempos de distanciamento social, a serie FEBRACE Meets 2021 será lançada na próxima quinta-feira, 22 de abril de 2021. A série tem como objetivo a promoção de encontros virtuais com a comunidade FEBRACE para discussão de temas de interesse comum dentro do universo de feiras de ciências.

      Para começarmos a temporada de 2021, vamos falar de uma dúvida que muitos estudantes e professores tem no início de um projeto de pesquisa: "como ter uma ideia para um projeto de pesquisa?".

      Teremos a participação das estudantes Rafaela Curcio e Victórya Leal (finalistas da FEBRACE 2021 e da Regeneron ISEF) e os professores Gustavo Bezerra e Rafael Assenso (finalistas do Prêmio Professor Destaque na FEBRACE 2021).

      O encontro será realizado no Canal da FEBRACE no Youtube (acesse aqui) às 18h do dia 22 de abril de 2021 (duração prevista de 45 minutos). Não é preciso inscrição prévia. Para receber o certificado digital, será preciso apenas preencher um formulário que será disponibilizado aos participantes durante a realização do encontro.

  • 06/04/2021
    Estado de São Paulo tem 30 projetos premiados na FEBRACE 2021
    • Além da capital, os projetos são de estudantes de 12 cidades: Americana, Campinas, Guarulhos, Hortolândia, Jundiaí, Monte Mor, Santa Bárbara d’Oeste, Santos, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Ribeirão Preto e Registro.

      O Estado de São Paulo foi um dos grandes destaques na premiação da 19ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (FEBRACE), cuja cerimônia foi transmitida ao vivo pelo Youtube no último sábado (27/3). A FEBRACE é a principal mostra nacional de projetos de Ciências e Engenharia do ensino fundamental, médio e técnico do País. O estado concorreu com 90 projetos finalistas na mostra. Desses, 30 se destacaram e receberam 49 prêmios, sendo que três foram selecionados para a Regeneron ISEF 2021 – a maior feira internacional do gênero. Veja abaixo a relação dos projetos paulistas.

      Esta edição da FEBRACE contou com a participação de 345 projetos finalistas, desenvolvidos por 716 estudantes, sob a orientação de 482 professores, de 295 escolas de todos os estados brasileiros e do Distrito Federal. Os projetos foram apresentados ao público por meio da Plataforma Virtual FEBRACE. Cada um deles foi avaliado pelo rigor científico e pela criatividade.

      A avaliação dos finalistas foi feita por meio da plataforma Zoom. Dividida em dois turnos, com até dez salas simultâneas. Cada avaliação envolveu um mediador, pesquisadores, especialistas e os estudantes finalistas, cada um em sua localidade, mantendo o isolamento físico necessário. Os estudantes sem acesso à internet tiveram seus trabalhos avaliados pelo material encaminhado à FEBRACE: vídeo, pôster e relatório. No total, foram realizadas 4.170 avaliações.

      Conheça todos os premiados no site da FEBRACE, reveja a cerimônia de premiação pelo Youtube da FEBRACE.

      Por cidade, os destaques do estado de São Paulo na FEBRACE 2021

      AMERICANA

      Prêmio Destaque Instituto 3M

      Projeto: Reupilhagem - desenvolvimento de dispositivo para a abertura de pilhas tipo AA.

      Etec Polivalente de Americana

      Gabriel Batista Dorigon [Estudante] Gabriel Henrique Rorato [Estudante] Lucas de Oliveira [Estudante] Laís Barana Delbianco [Orientador(a)]

      CAMPINAS

      2º Lugar em Engenharia, Prêmio Associação dos Engenheiros Politécnicos MOSTRATEC e Meninas em STEAM

      Projeto: Protótipo de robô autônomo limpador de resíduos de baixo volume em praias com areia fina.

      Colégio Técnico de Campinas

      Felipe Barbetti de Grabalos [Estudante] Fernando de Araujo Sacerdote [Estudante] Nathan Tiago Pagliatto de Liz [Estudante] Mauricio Marsarioli [Orientador(a)]

      2º Lugar em Ciências Humanas, Prêmio Destaque Instituto 3M e Meninas em STEM

      Projeto: Coronavírus: depressão, irritabilidade e mudança de rotina em brasileiros durante o isolamento social

      E.E. Culto à Ciência

      Luria Daher Baptista [Estudante] Aldo Mendes Filho [Orientador(a)]

      2º Lugar em Ciências Exatas e da Terra

      Projeto: Uso do aprendizado de máquina na identificação de padrões em ondas cerebrais.

      Colégio Técnico de Campinas

      Gustavo Miller Santos [Estudante] Felipe Scherer Vicentin [Estudante] Pedro Henrique Marques Renó [Estudante] Sérgio Luiz Moral Marques [Orientador(a)]

      3º Lugar em Ciências Exatas e da Terra e Prêmio Revista InCiência

      Projeto: Politicando - aplicação de fiscalização e tratamento de dados políticos

      Colégio Técnico de Campinas

      Gabriel Alves de Arruda [Estudante] Nouani Gabriel Sanches [Estudante] Guilherme Augusto Felisberto Teixeira [Estudante] Patrícia Gagliardo de Campos [Orientador(a)]

      3º Lugar em Ciências Biológicas

      Projeto: PróKid – prótese funcional para crianças.

      Etec Bento Quirino

      Beatriz Maria Scarpato [Estudante] Santiago dos Santos Silva [Estudante] Willian Fagundes Moreira [Estudante] Marcelus Guirardello [Orientador(a)] Daniele Velaques Carreira [Coorientador(a)]

      3º Lugar em Ciências Sociais Aplicadas

      Projeto: Mulheres invisíveis: vivência das mulheres em situação de rua e sua relação com a higiene no período menstrual

      E.E. Culto à Ciência

      Larissa Silva Oliveira [Estudante] Luana Barbosa Moreira [Estudante] Yandra Ribeiro dos Santos [Estudante] Aloísia Laura Moretto [Orientador(a)] Claudia Carla Caniati [Coorientador(a)]

      3º Lugar em Engenharia

      Projeto: Célula 3D com tecnologia RFID aplicada ao ensino médio

      IFSP - Campus Campinas

      Camila dos Santos Oliveira [Estudante] Noah Serrati Moreno [Estudante] Endriely Peres Fernandes [Estudante] Edson Anício Duarte [Orientador(a)] João Alexandre Bortoloti [Coorientador(a)]

      4º Lugar em Ciências Exatas e da Terra e Prêmio Por Um Mundo Sem Lixo – 1º Lugar

      Projeto: SmartHummus - composteira doméstica automatizada integrada a aplicativo.

      Colégio Técnico de Campinas

      Vitor Ramos [Estudante] Gabrielle da Silva Barbosa [Estudante] Mateus de Pádua Vicente [Estudante] Sérgio Luiz Moral Marques [Orientador(a)] Simone Pierini Facini Rocha [Coorientador(a)]

      Prêmio Destaque Instituto 3M

      Projeto: Desenvolvimento de um copo sustentável a partir do amido da jaca mole.

      Colégio Politécnico Bento Quirino

      Lorena Luíza Zonato [Estudante] Eduardo Rumanini Rubio [Estudante] Jeferson Rogerio Daminelli [Orientador(a)]

      GUARULHOS

      2º Lugar em Engenharia e MOSTRATEC

      Projeto: Dispositivo rastreador de movimento ocular para pessoas com incapacidades motoras.

      IFSP - Campus Guarulhos

      Jakeline de Oliveira Carvalho [Estudante] Giane Mayumi Galhard [Estudante] Robson Ferreira Lopes [Orientador(a)]

      HORTOLÂNDIA

      Prêmio Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza

      Projeto: Dispositivo de fisioterapia

      E.E. Pastor Roberto Rodrigues de Azevedo

      Eduarda Regina dos Reis [Estudante] Jhocenny Brendha Martins da Cruz [Estudante] Maria Eduarda Felício Domingos [Estudante] Aparecido de Moraes [Orientador(a)] Fabiani de Azevedo [Coorientador(a)]

      JUNDIAÍ

      1º Lugar em Engenharia, Projeto selecionado para a Regeneron ISEF 2021 e Prêmio Associação dos Engenheiros Politécnicos

      Projeto: Análise de água automatizada: desenvolvimento de um drone à base de microcontroladores.

      Etec Benedito Storani

      Rafaela Curcio [Estudante] José Roberto Cunha Jr. [Orientador(a)] Ricardo Murilo de Paula [Coorientador(a)]

      Prêmio Anna Frida Hoffman

      Projeto: Tandec Musa: o uso da seiva do pseudocaule de bananeira no aumento da densidade de partículas sólidas em suspensão – Fase II

      Etec Vasco Antônio Venchiarutti

      Beatriz Alves de Góes [Estudante] Bianca Alves de Góes [Orientador(a)] Rosangela Alves de Góes [Coorientador(a)]

      MONTE MOR

      2º Lugar em Ciências Humanas

      Projeto: Desenvolvendo práticas pedagógicas e possibilitando novos olhares sobre o continente africano utilizando materiais audiovisuais disponibilizados em mídias sociais

      Etec Monte Mor

      Thamara da Silva dos Reis [Estudante] Rayane Aguiar dos Santos [Estudante] Ester de Souza Menezes [Orientador(a)]

      SANTA BÁRBARA D’OESTE

      Prêmio Poli Cidadã de Tecnologia e Desenvolvimento Social – Menção Honrosa e Meninas em STEM

      Projeto: PACOR: o mundo colorido não visto

      Escola SESI

      Maytê Braz Mello de Andrade [Estudante] Érica Fátima Inácio [Orientador(a)] Marcelo Lauer [Coorientador(a)]

      SANTOS

      Most Challenging, original, thorough and Creative Investigation of a Problem Involving Mathematics

      Projeto: Modelagem computacional e matemática da via glicolítica nos estudos biológicos do gálio

      Colégio Jean Piaget

      Gustavo Queiroz Tavares Infanti de Oliveira [Estudante] Lorenzo Puga [Estudante] Mara Lúcia Zucheran Silvestri de Carvalho [Orientador(a)] Marco Lazaro de Sousa Batista [Coorientador(a)]

      SÃO BERNARDO DO CAMPO

      MOCITEC JOVEM - Mostra Científica e Tecnológica dos Jovens Pesquisadores do Estado do Pará

      Projeto: Software de reconhecimento de sinais

      Etec Lauro Gomes

      Fabrício Holanda de Almeida [Estudante] Luciano dos Anjos Oliveira [Estudante] Vinícius Luciano Navarrete da Silva [Estudante] Cleiton Fabiano Patricio [Orientador(a)]

      SÃO CAETANO DO SUL

      4º Lugar em Ciências Humanas

      Projeto: O impacto do ensino a distância sobre a saúde mental durante o período de isolamento social

      Colégio Arbos

      Laura Rosental Zamora [Estudante] Marina Abucarma Lazari [Estudante] Sabrina Dall’Aqua Shimizu [Estudante] Francinni Luizi SIlva [Orientador(a)] Flávio Henrique Martins Dias Fouto [Coorientador(a)]

      SÃO PAULO – CAPITAL

      1º Lugar em Engenharia, 2º Lugar em Mentalidade Marítima e Projeto selecionado para a Regeneron ISEF 2021

      Projeto: Desenvolvimento de uma plataforma robótica submarina open source de baixo custo para o monitoramento de corais.

      Colégio Santa Cruz

      Guilherme Beyruti Surányi [Estudante] Nathan Rabinovitch [Orientador(a)]

      1º Lugar em Ciências Exatas e da Terra, Projeto selecionado para a Regeneron ISEF 2021 e National Youth Science Camp (NYSC)

      Projeto: Tecnologias imersivas no ensino de astrobiologia.

      Colégio Dante Alighier

      Henrique Rodrigues Hissa Amorim [Estudante] Tiago Bodê [Orientador(a)] Sandra Maria Rudella Tonidandel [Coorientador(a)]

      1º Lugar em Ciências Humanas

      Projeto: O riso do Joker como alegoria e melodrama do desfacelamento social.

      Escola Nova Lourenço Castanho

      Nancy Valente Rachid Sá Rego [Estudante] Clara Valle de Almeida Magalhães Guimarães [Estudante] Vinicius de Castro Soares [Orientador(a)]

      2º Lugar em Engenharia e MOSTRATEC

      Projeto: Eletrocardiógrafo de baixo custo com aplicativo

      Colégio Visconde de Porto Seguro

      Rafael Sampaio Doria Fox [Estudante] Ricardo Kandi Horauti [Orientador(a)]

      2º Lugar em Ciências Biológicas e INFOMATRIX Brasil

      Projeto: Cultivo da Mikania laevigata in vitro: buscando maiores teores de cumarina para tratamento da Asma

      Colégio Dante Alighieri

      Lara Johnsen Villas Bôas Stefani [Estudante] Luciana Saraiva Filippos [Orientador(a)] Carolina Lavini Ramos [Coorientador(a)]

      2º Lugar em Ciências Sociais Aplicadas

      Projeto: O uso da arteterapia e estímulos sensoriais como potencializadores da memória e qualidade de vida em idosos.

      Escola Alef Peretz - Unidade Hebraica

      Beatriz Avrucik Magalhães [Estudante] Luiz Henrique da Silva Nali [Orientador(a)]

      4º Lugar em Ciências Exatas e da Terra

      Projeto: Proposta de uso dos ventos solares e fótons para geração de energia: uma análise científico-teórica

      Colégio Claretiano

      Giovana de Souza Neves [Estudante] Lucas Batista Dantas [Estudante] Fabricio Barbosa Bittencourt [Orientador(a)] Renato Brito Quaglia [Coorientador(a)]

      4º Lugar em Ciências Sociais Aplicadas

      Projeto: Mobilidade urbana: dispositivo ecolocalizador para orientação de cegos em espaços públicos

      Colégio Dante Alighieri

      Mariana de Viglio Trindade [Estudante] Tiago Bodê [Orientador(a)] Sandra Maria Rudella Tonidandel [Coorientador(a)]

      Prêmio Por Um Mundo Sem Lixo - Menção Honrosa

      Projeto: Quais fatores facilitam a reciclagem de resíduos domésticos feita por uma população? Uma abordagem comparativa para entender como podemos reciclar mais em São Paulo

      Colégio Giordano Bruno

      Tiago Caly Bortolotto [Estudante] Ana Clara de Carvalho Leal [Estudante] Leonardo Grazioli de Andrade Lima [Orientador(a)] Mariana de Campos Pereira Giorgion [Coorientador(a)]

      Prêmio Professor Destaque Finalista(FEBRACE)

      Projeto: Desenvolvimento de mecânica de prótese para cavalo

      Professor Rafael Assenso

      RIBEIRÃO PRETO

      3º Lugar em Ciências Agrárias e Prêmio Por Um Mundo Sem Lixo – 2º lugar

      Projeto: Eco telha: desenvolvimento da telha ecológica de baixo custo à base do bagaço e palha da cana-de-açúcar (Saccharum officinarum) e seu potencial de aplicação em habitações.

      SESI CE

      Leonardo Santos Rendeiro Palheta [Estudante] Marília Aliarde [Orientador(a)] Bruno Vicente Moraes [Coorientador(a)]

      REGISTRO

      3º Lugar em Ciências Humanas

      Projeto: A problemática da fome e insegurança alimentar no Brasil e a agroecologia feminista como caminho alternativo

      IFSP

      Natália Cristina Cunha Zilli [Estudante] Marjana Vedovatto [Orientador(a)]


      Sobre a FEBRACE:

      Promovida anualmente pela Escola Politécnica da USP e realizada pelo Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico- LSI-TEC, a FEBRACE é a maior feira brasileira pré-universitária de Ciências e Engenharia em abrangência e visibilidade. Seu objetivo é estimular a cultura científica, a inovação e o empreendedorismo na educação básica e técnica, despertando novas vocações nessas áreas e induzindo práticas pedagógicas inovadoras nas escolas. Esta edição contou com 345 projetos, desenvolvidos por 716 estudantes, sob a orientação de 482 professores, de 295 escolas de todos os estados brasileiros e do Distrito Federal. O evento teve o patrocínio da Samsung, Embaixada e Consulados dos EUA no Brasil, Petrobras, e apoio institucional do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

      Atendimento à imprensa:

      FEBRACE – Gerência de Comunicação Elena Saggio - elena.saggio@lsitec.org.br (11) 98111 4487

      Acadêmica Agência de Comunicação – Assessoria de Imprensa Angela Trabbold - angela@academica.jor.br (11) 5549-1863 / 5081-5237 / 99912-8331

  • 06/04/2021
    Projetos de estudantes de Santa Catarina são premiados na FEBRACE 2021
    • Dos nove projetos finalistas do estado, cinco se destacaram e receberam prêmios.

      O Estado de Santa Catarina foi destaque na 19ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (FEBRACE), cuja cerimônia foi transmitida ao vivo pelo Youtube no último sábado (27/3). A FEBRACE é a principal mostra nacional de projetos de Ciências e Engenharia do ensino fundamental, médio e técnico do País. Neste ano, concorreram pelo estado nove projetos finalistas. Desses, cinco se destacaram e ganharam oito prêmios. Os estudantes com projetos premiados são das cidades de Florianópolis, Itajaí, Araranguá, Rio do Sul e Chapecó. Veja abaixo a relação dos premiados no estado.

      Esta edição da FEBRACE contou com a participação de 345 projetos finalistas, desenvolvidos por 716 estudantes, sob a orientação de 482 professores, de 295 escolas de todos os estados brasileiros e do Distrito Federal. Os projetos foram apresentados ao público por meio da Plataforma Virtual FEBRACE. Cada um deles foi avaliado pelo rigor científico e pela criatividade.

      A avaliação dos finalistas foi feita por meio da plataforma Zoom. Dividida em dois turnos, com até dez salas simultâneas. Cada avaliação envolveu um mediador, pesquisadores, especialistas e os estudantes finalistas, cada um em sua localidade, mantendo o isolamento físico necessário. Os estudantes sem acesso à internet tiveram seus trabalhos avaliados pelo material encaminhado à FEBRACE: vídeo, pôster e relatório. No total, foram realizadas 4.170 avaliações.

      Conheça todos os premiados no site da FEBRACE, reveja a cerimônia de premiação pelo Youtube da FEBRACE.

      Os destaques de Santa Catarina na FEBRACE 2021

      3º Lugar em Engenharia e Destaque Unidades da Federação

      PROJETO: Desenvolvimento de um mecanismo de retenção de microplásticos em estações de tratamento de água (ETAs)

      ITAJAÍ – SC ACBNL - Colégio São José

      Gabriel Fernandes Mello Ferreira [Estudante] Fernanda Poleza [Orientador(a)] Lenon Pinheiro Guimarães [Coorientador(a)]

      4º Lugar em Ciências Biológicas e Prêmio SBBq

      PROJETO: Estudo in silico do efeito antidepressivo da casca da Musa paradisiaca utilizando modelos computacionais: envolvimento do sistema dopaminérgico na depressão

      ARARANGUÁ – SC Colégio Murialdo

      Ana Carolina Rossa Burato [Estudante] Artur Alano Daniel [Estudante] Carlos Pereira Martins [Orientador(a)] Helyson Lucas Bezerra Braz [Coorientador(a)]

      Prêmio Destaque do Ano Ciências Moleculares - Mérito Acadêmico

      PROJETO: Reaproveitamento dos resíduos de conchas de ostras provenientes de restaurantes e áreas de cultivo de Sambaqui e Santo Antônio de Lisboa

      FLORIANÓPOLIS – SC IFSC - Campus Florianópolis

      Mariana dos Santos Dick [Estudante] Sara Hernampérez Walter [Estudante] Claudia Lira [Orientador(a)] Berenice da Silva Junkes [Coorientador(a)]

      Prêmio Manual do Mundo – 2º Lugar

      PROJETO: Smartglove - protótipo de uma ferramenta para o ensino da língua brasileira de sinais

      RIO DO SUL – SC IFC - Campus Rio do Sul

      Maria Cecilia Holler [Estudante] Kauana Knappmann [Estudante] Cristhian Heck [Orientador(a)] Daniel Verdi do Amarante [Coorientador(a)]

      Feira de Ciências do Semiárido Potiguar

      PROJETO: A utilização de resíduos da construção civil para a produção de fertilizante químico

      CHAPECÓ – SC Colégio Marista São Francisco

      Marco Antonio Milani [Estudante] Bernardo de Oliveira Geissmann [Estudante] Rafaél Paviani [Orientador(a)]


      Sobre a FEBRACE:

      Promovida anualmente pela Escola Politécnica da USP e realizada pelo Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico- LSI-TEC, a FEBRACE é a maior feira brasileira pré-universitária de Ciências e Engenharia em abrangência e visibilidade. Seu objetivo é estimular a cultura científica, a inovação e o empreendedorismo na educação básica e técnica, despertando novas vocações nessas áreas e induzindo práticas pedagógicas inovadoras nas escolas. Esta edição contou com 345 projetos, desenvolvidos por 716 estudantes, sob a orientação de 482 professores, de 295 escolas de todos os estados brasileiros e do Distrito Federal. O evento teve o patrocínio da Samsung, Embaixada e Consulados dos EUA no Brasil, Petrobras, e apoio institucional do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

      Atendimento à imprensa:

      FEBRACE – Gerência de Comunicação Elena Saggio - elena.saggio@lsitec.org.br (11) 98111 4487

      Acadêmica Agência de Comunicação – Assessoria de Imprensa Angela Trabbold - angela@academica.jor.br (11) 5549-1863 / 5081-5237 / 99912-8331

  • 06/04/2021
    Estudantes do Rio Grande do Sul ganham 19 prêmios na FEBRACE 2021
    • Um dos projetos foi selecionado para participar da maior feira internacional de Ciências e Engenharia: a Regeneron ISEF.

      O Estado do Rio Grande do Sul foi destaque na 19ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (FEBRACE), cuja cerimônia foi transmitida ao vivo pelo Youtube no último sábado (27/3). A FEBRACE é a principal mostra nacional de projetos de Ciências e Engenharia do ensino fundamental, médio e técnico do País. Neste ano, concorreram pelo estado 31 projetos finalistas. Desses, 11 se destacaram e ganharam 19 prêmios. Os estudantes com projetos premiados são das cidades de Porto Alegre, Osório, Charqueadas, Horizontina, Caxias do Sul, Novo Hamburgo, Carlos Barbosa e Sapucaia do Sul. Veja abaixo a relação dos premiados no estado.

      Esta edição da FEBRACE contou com a participação de 345 projetos finalistas, desenvolvidos por 716 estudantes, sob a orientação de 482 professores, de 295 escolas de todos os estados brasileiros e do Distrito Federal. Os projetos foram apresentados ao público por meio da Plataforma Virtual FEBRACE. Cada um deles foi avaliado pelo rigor científico e pela criatividade.

      A avaliação dos finalistas foi feita por meio da plataforma Zoom. Dividida em dois turnos, com até dez salas simultâneas. Cada avaliação envolveu um mediador, pesquisadores, especialistas e os estudantes finalistas, cada um em sua localidade, mantendo o isolamento físico necessário. Os estudantes sem acesso à internet tiveram seus trabalhos avaliados pelo material encaminhado à FEBRACE: vídeo, pôster e relatório. No total, foram realizadas 4.170 avaliações.

      Conheça todos os premiados no site da FEBRACE, reveja a cerimônia de premiação pelo Youtube da FEBRACE.

      Os destaques do Rio Grande do Sul na FEBRACE 2021

      1º Lugar em Ciências Sociais Aplicadas, Destaque Unidades da Federação e Regeneron ISEF

      PROJETO: FIDERE: desenvolvimento de um App voltado à economia circular de brechós e associações do litoral norte gaúcho

      OSÓRIO – RS IFRS - Campus Osório

      Victórya Leal Altmayer Silva [Estudante] Flávia Santos Twardowski Pinto [Orientador(a)] Cláudius Jardel Soares [Coorientador(a)]

      2º Lugar em Ciências Biológicas

      PROJETO: Filme plástico biodegradável produzido através da biossíntese de celulose bacteriana utilizando resíduos agroindustriais

      HORIZONTINA – RS Centro Tecnológico Frederico Jorge Logemann

      Giovana Bachmann da Silva [Estudante] Sheila Bonetti [Orientador(a)] Cláudia Rigoli Schneider [Coorientador(a)]

      2º Lugar em Ciências Exatas e da Terra

      PROJETO: Casca de pinhão (Araucaria angustifolia) como agente redutor e estabilizante para obtenção de nanopartículas de prata de maneira ambientalmente sustentável

      CAXIAS DO SUL – RS IFRS - Campus Caxias do Sul

      Camila Mendonça de Freitas [Estudante] Josimar Vargas [Orientador(a)]

      3º Lugar em Ciências Agrárias

      PROJETO: BioStretch: síntese de polímero a partir de resíduos industriais

      OSÓRIO – RS IFRS - Campus Osório

      Laura Nedel Drebes [Estudante] Flávia Santos Twardowski Pinto [Orientador(a)] Cláudius Jardel Soares [Coorientador(a)]

      3º Lugar em Ciências Biológicas

      PROJETO: Zoodex: uma aventura pedagógica pela zoologia

      OSÓRIO – RS IFRS - Campus Osório

      Yuri Fernandes Gomes [Estudante] Rafael Guasselli Lopes da Silva [Estudante] Maysa da Silva Rosa [Estudante] Lisiane Zanella [Orientador(a)] Cláudius Jardel Soares [Coorientador(a)]

      4º Lugar em Ciências Biológicas

      PROJETO: Turtle Tech: dispositivo eletroeletrônico auxiliar na preservação da espécie de quelônio Mesoclemmys hogei

      NOVO HAMBURGO – RS Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha

      Bruno Kayser da Silva Machado [Estudante] Fernando Galbarino [Orientador(a)] Camila Kurzmann Fagundes [Coorientador(a)]

      4º Lugar em Ciências Exatas e da Terra

      PROJETO: Análise da degradação de canudos biodegradáveis em amostras de água de regiões de escoamento pluvial em Porto Alegre

      PORTO ALEGRE – RS Colégio Farroupilha

      Gabriel Thiessen [Estudante] Cauê Mateus Finkler [Orientador(a)] Alessandra Faedrich Martins Rosa [Coorientador(a)]

      4º Lugar em Engenharia

      PROJETO: ASLI - assento para o sentar e levantar de idosos

      NOVO HAMBURGO – RS Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha

      Bianca Bitencourt [Estudante] Júlia Andréia Koch [Estudante] Julio Cesar Volmann Machado [Orientador(a)]

      4º Lugar em Engenharia Prêmio Manual do Mundo – 1º Lugar

      PROJETO: Carteira Falante: dispositivo identificador de cédulas para auxílio de deficientes visuais

      CHARQUEADAS – RS IFSUL - Unidade Charqueadas

      Carolina Teixeira Müller [Estudante] Kamila Silveira Kowalski [Estudante] Rafael Marquetto Vargas [Orientador(a)]

      Prêmio ABRIC de Incentivo à Ciência, Prêmio SBBq e INFOMATRIX Brasil

      PROJETO: Estudo da viabilidade da extração de canabidioides da Ruta graveolens para possível controle dos tremores do Parkinson

      CARLOS BARBOSA – RS E.E.E.M. Elisa Tramontina

      Brenda Victoria Facchini Bonatto [Estudante] Sabrina Machado Zaro [Estudante] Sandra Seleri [Orientador(a)] Marina Paim Gonçalves [Coorientador(a)]

      Prêmio Revista InCiência, Prêmio Anna Frida Hoffman e Prêmio Associação dos Engenheiros Politécnicos

      PROJETO: Engenharia sustentável Fase II: a inovação no mercado de óculos a partir da elaboração de armações com o uso de fibras vegetais e materiais reciclados

      SAPUCAIA DO SUL – RS Escola SESI de Ensino Médio Arthur Aluízio Daudt

      Josyane Cardozo dos Santos [Estudante] Mariana Corrente Feijó [Estudante] Eduarda Borba Fehlberg [Orientador(a)] Rayza Echeverria [Coorientador(a)]

      Prêmio Professor Destaque Finalista

      Projeto: Protagonismo feminino em histórias reais, narradas para crianças em audiolivros

      Venancio Aires – RS Escola Municipal Alfredo Scherer

      Professora Fernanda Saldanha


      Sobre a FEBRACE:

      Promovida anualmente pela Escola Politécnica da USP e realizada pelo Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico- LSI-TEC, a FEBRACE é a maior feira brasileira pré-universitária de Ciências e Engenharia em abrangência e visibilidade. Seu objetivo é estimular a cultura científica, a inovação e o empreendedorismo na educação básica e técnica, despertando novas vocações nessas áreas e induzindo práticas pedagógicas inovadoras nas escolas. Esta edição contou com 345 projetos, desenvolvidos por 716 estudantes, sob a orientação de 482 professores, de 295 escolas de todos os estados brasileiros e do Distrito Federal. O evento teve o patrocínio da Samsung, Embaixada e Consulados dos EUA no Brasil, Petrobras, e apoio institucional do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

      Atendimento à imprensa:

      FEBRACE – Gerência de Comunicação Elena Saggio - elena.saggio@lsitec.org.br (11) 98111 4487

      Acadêmica Agência de Comunicação – Assessoria de Imprensa Angela Trabbold - angela@academica.jor.br (11) 5549-1863 / 5081-5237 / 99912-8331

  • 06/04/2021
    Estudantes do RN ganham 12 prêmios na FEBRACE 2021
    • Um dos projetos contemplados, que recebeu quatro prêmios, é sobre o uso do smartphone na determinação do pH de soluções.

      O Rio Grande do Norte foi destaque na premiação da 19ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (FEBRACE), cuja cerimônia foi transmitida ao vivo pelo Youtube no último sábado (27/3). A FEBRACE é a principal mostra nacional de projetos de Ciências e Engenharia do ensino fundamental, médio e técnico do País. O estado do Rio Grande do Norte teve 29 projetos finalistas na mostra. Desses, sete se destacaram e receberam 12 prêmios. Veja abaixo a relação dos premiados no estado.

      Esta edição da FEBRACE contou com a participação de 345 projetos finalistas, desenvolvidos por 716 estudantes, sob a orientação de 482 professores, de 295 escolas de todos os estados brasileiros e do Distrito Federal. Os projetos foram apresentados ao público por meio da Plataforma Virtual FEBRACE. Cada um deles foi avaliado pelo rigor científico e pela criatividade.

      A avaliação dos finalistas foi feita por meio da plataforma Zoom. Dividida em dois turnos, com até dez salas simultâneas. Cada avaliação envolveu um mediador, pesquisadores, especialistas e os estudantes finalistas, cada um em sua localidade, mantendo o isolamento físico necessário. Os estudantes sem acesso à internet tiveram seus trabalhos avaliados pelo material encaminhado à FEBRACE: vídeo, pôster e relatório. No total, foram realizadas 4.170 avaliações.

      Conheça todos os premiados no site da FEBRACE, reveja a cerimônia de premiação pelo Youtube da FEBRACE.

      Os destaques do Rio Grande do Norte na FEBRACE 2021

      - 3º Lugar em Ciências Exatas e da Terra - Destaque Unidades da Federação - Prêmio Excelência IF-USP - MOSTRATEC

      Projeto: pHmetro portátil: uso de smartphone na determinação do pH de soluções utilizando imagens digitais e quimiometria.

      Natal – RN IFRN - Campus Natal

      Hanna Vitória de Oliveira Silva [Estudante] Pollyana Souza Castro [Orientador(a)] Daniel Lucas Dantas de Freitas [Coorientador(a)]

      - Prêmio ABRIC de Incentivo à Ciência - Feira Brasileira de Iniciação Científica – FEBIC - Feira Brasileira de Iniciação Científica - FEBIC

      Projeto: Os malefícios do trabalho com a castanha do caju: luva artesanal de borracha no combate às queimaduras do óleo anacárdico nas mãos dos castanheiros.

      Porto do Mangue – RN Escola Municipal Francisca Serafim de Souza

      Damiana Vitória Santana da Costa [Estudante] Maria da Conceição Santana Fonseca [Estudante] Cleide Ana Sousa de Santana [Estudante] Lucilene Lopes do Nascimento [Orientador(a)]

      - 4º Lugar em Ciências Agrárias

      Projeto: Sistema de ventilação autônomo como forma de reduzir os impactos das altas temperaturas na produção de mel

      Mossoró – RN E.E. Monsenhor Raimundo Gurgel

      Marciele Alice da Silva Nunes [Estudante] Vagner Breno Oliveira da Silva [Estudante] Antonio Serginaldo de Oliveira Bezerra [Orientador(a)] José Daniel Florêncio Duarte [Coorientador(a)]

      - 4º Lugar em Ciências da Saúde

      Projeto: Game balance: uma plataforma para análise do equilíbrio em pacientes pós AVC envolvendo técnicas de Gamificação

      Santa Cruz – RN IFRN - Campus Santa Cruz

      Maria Eduarda Guedes dos Santos [Estudante] Maria da Graça Carvalho Gonçalves [Estudante] Lara Virgínia Pereira de Medeiros [Estudante] Pedrina Célia Brasil [Orientador(a)] Vinícius Carvalho Pinto [Coorientador(a)]

      - Student Awards for Geoscience Excellence

      Projeto: A utilização da semente da moringa (Moringa oleifera) como agente purificador da água poluída escoada pelas barracas de praia em Tibau-RN

      Tibau – RN E.E. Rui Barbosa

      Monielly Mônica Veríssimo da Silva [Estudante]

      - Most Outstanding Exhibit in Material Science

      Projeto: Produção de compensados de madeira através da palha da carnaúba

      Carnaubais – RN EE ALCIDES WANDERLEY ENS DE 2 GRAU

      Edla Karol de Sousa Gomes [Estudante] Elem Diana de Sousa Martins [Estudante] Ruanna Thalita Mendonça Fernandes [Estudante] Romário Felipe da Fonseca [Orientador(a)] Laize Jorge da Costa [Coorientador(a)]

      - Prêmio ABRIC de Incentivo à Ciência

      Projeto: Protótipo microscópio óptico hidráulico: uma ferramenta de auxílio na aprendizagem científica

      Mossoró – RN E.E. Prof. Abel Freire Coelho

      Joao Victor de Oliveira Maia Freitas [Estudante] José Eduardo Bezerra dos Santos [Estudante] Maciel Soares Coutinho [Estudante] Benedito Braga de Brito [Orientador(a)] Francisco Thiarly Alves de Souza [Coorientador(a)]


      Sobre a FEBRACE:

      Promovida anualmente pela Escola Politécnica da USP e realizada pelo Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico- LSI-TEC, a FEBRACE é a maior feira brasileira pré-universitária de Ciências e Engenharia em abrangência e visibilidade. Seu objetivo é estimular a cultura científica, a inovação e o empreendedorismo na educação básica e técnica, despertando novas vocações nessas áreas e induzindo práticas pedagógicas inovadoras nas escolas. Esta edição contou com 345 projetos, desenvolvidos por 716 estudantes, sob a orientação de 482 professores, de 295 escolas de todos os estados brasileiros e do Distrito Federal. O evento teve o patrocínio da Samsung, Embaixada e Consulados dos EUA no Brasil, Petrobras, e apoio institucional do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

      Atendimento à imprensa:

      FEBRACE – Gerência de Comunicação Elena Saggio - elena.saggio@lsitec.org.br (11) 98111 4487

      Acadêmica Agência de Comunicação – Assessoria de Imprensa Angela Trabbold - angela@academica.jor.br (11) 5549-1863 / 5081-5237 / 99912-8331

  • 06/04/2021
    Projetos de estudantes do Rio de Janeiro se destacam na FEBRACE 2021
    • Um deles ficou em 4º Lugar em Ciências da Saúde, foi escolhido como Destaque Unidades da Federação, e recebeu o Prêmio Defesa Civil do Estado de São Paulo.

      O Rio de Janeiro foi destaque na premiação da 19ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (FEBRACE), cuja cerimônia foi transmitida ao vivo pelo Youtube no último sábado (27/3). A FEBRACE é a principal mostra nacional de projetos de Ciências e Engenharia do ensino fundamental, médio e técnico do País. O estado do Rio de Janeiro concorreu com 15 projetos finalistas na mostra. Desses, seis se destacaram e receberam doze prêmios. Veja abaixo a relação dos projetos fluminenses.

      Esta edição da FEBRACE contou com a participação de 345 projetos finalistas, desenvolvidos por 716 estudantes, sob a orientação de 482 professores, de 295 escolas de todos os estados brasileiros e do Distrito Federal. Os projetos foram apresentados ao público por meio da Plataforma Virtual FEBRACE. Cada um deles foi avaliado pelo rigor científico e pela criatividade.

      A avaliação dos finalistas foi feita por meio da plataforma Zoom. Dividida em dois turnos, com até dez salas simultâneas. Cada avaliação envolveu um mediador, pesquisadores, especialistas e os estudantes finalistas, cada um em sua localidade, mantendo o isolamento físico necessário. Os estudantes sem acesso à internet tiveram seus trabalhos avaliados pelo material encaminhado à FEBRACE: vídeo, pôster e relatório. No total, foram realizadas 4.170 avaliações.

      Conheça todos os premiados no site da FEBRACE, reveja a cerimônia de premiação pelo Youtube da FEBRACE.

      Os destaques do Rio de Janeiro na FEBRACE 2021

      - 3º Lugar em Engenharia -Prêmio Poli Cidadã de Tecnologia e Desenvolvimento Social - Menção Honrosa

      Projeto: M.E2.L. V2: conscientização energética para a comunidade.

      Rio de Janeiro – RJ Escola Eliezer Steinbarg Max Nordau

      Gabriela Orenbuch Gomes [Estudante] Daniel Halfim Dal Prá [Estudante] Willian Vieira de Abreu [Orientador(a)]

      - 4º Lugar em Ciências da Saúde - Destaque Unidades da Federação - Prêmio Defesa Civil do Estado de São Paulo

      Projeto: Reúso de águas pluviais e suas utilizações.

      Rio de Janeiro – RJ CEFET - Campus Maracanã

      Cecília de Lauro Antunes [Estudante] Alexsandro Rodrigues Martins [Estudante] Emanuelle da Silva do Nascimento [Estudante] Alexandre Martinez dos Santos [Orientador(a)] Myrna da Cunha [Coorientador(a)]

      - 4º Lugar em Ciências Biológicas - Prêmio SBBq

      Projeto: Investigação do potencial tóxico da quercetina na doença de Parkinson.

      Rio de Janeiro – RJ IFRJ

      Felipe Gomes de Souza [Estudante] Caio Henrique de Souza Ferreira Berdeville [Estudante] Lucas Alves de Souza [Estudante] Eduardo Coelho Cerqueira [Orientador(a)] Phelippe do Carmo Gonçalves [Coorientador(a)]

      - Prêmio de Excelência FeNaDante - MOCITEC JOVEM - Mostra Científica e Tecnológica dos Jovens Pesquisadores do Estado do Pará

      Projeto: SMAP - sistema móvel antipragas

      Rio das Ostras – RJ Colégio Casulo

      Maria Eduarda de Carvalho Fernandes [Estudante] Bruna de Fátima Portela Nascimento [Estudante] Caio Palhares Loseiro Braga [Estudante] Leonardo Veloso Ferreira de Oliveira [Orientador(a)]

      - Prêmio Destaque do Ano Ciências Moleculares - Interdisciplinaridade

      Projeto: Periódico virtual diário de classe: novos paradigmas para uma educação democrática no século XXI

      Rio de Janeiro – RJ CEFET - Campus Maracanã

      Gabriella Vitória Bordoni Leite dos Santos [Estudante] Matheus Luiz Franco Guedes da Silva [Estudante] Caroline Araújo Bordalo [Orientador(a)] Valena Ribeiro Garcia Ramos [Coorientador(a)]

      - Feira Brasileira de Iniciação Científica – FEBIC

      Projeto: Aquaponia como solução acessível nas comunidades carentes

      Vassouras – RJ C.E. Tia Conceição

      Júlia de Souza Pontes Barbosa [Estudante] Giovana Batista Carvalho [Estudante] Ticiane dos Santos de Brito Antonio [Estudante] Alexandre Viana Henrique [Orientador(a)]

      Prêmio Marinha do Brasil - 1o. Lugar em Mentalidade Marítima

      Projeto: EcoDraga – uma alternativa para o lixo flutuante

      São Gonçalo – RJ Escola Firjan Sesi São Gonçalo, São Gonçalo – RJ

      Carlos Eduardo Veras Keller [Estudante] Daniel Caruso Melo Roquette Couto [Estudante] Rafaela Pessanha de Freitas, Aline Farias Moreira da Silva [Orientadora] Valeria Filgueiras Mendes França [Coorientadora]


      Sobre a FEBRACE:

      Promovida anualmente pela Escola Politécnica da USP e realizada pelo Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico- LSI-TEC, a FEBRACE é a maior feira brasileira pré-universitária de Ciências e Engenharia em abrangência e visibilidade. Seu objetivo é estimular a cultura científica, a inovação e o empreendedorismo na educação básica e técnica, despertando novas vocações nessas áreas e induzindo práticas pedagógicas inovadoras nas escolas. Esta edição contou com 345 projetos, desenvolvidos por 716 estudantes, sob a orientação de 482 professores, de 295 escolas de todos os estados brasileiros e do Distrito Federal. O evento teve o patrocínio da Samsung, Embaixada e Consulados dos EUA no Brasil, Petrobras, e apoio institucional do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

      Atendimento à imprensa:

      FEBRACE – Gerência de Comunicação Elena Saggio - elena.saggio@lsitec.org.br (11) 98111 4487

      Acadêmica Agência de Comunicação – Assessoria de Imprensa Angela Trabbold - angela@academica.jor.br (11) 5549-1863 / 5081-5237 / 99912-8331

  • proxima
Informações para a imprensa

Elena Saggio - elena@lsi.usp.br